Ocorreu um erro neste gadget

Pra Quem Espera Pelo Amor

PRA QUEM ESPERA PELO AMOR

(Daniel FV - 17/06/07)


Já faz tanto tempo agora...
que você mora nesse vazio...
a chuva continua lá fora
e traz um frio que te causa arrepio...

não se deixe levar... não se deixe levar!
muitas coisas ficam só nos papéis
não se deixe enganar... e fuja desse altar
os dedos ficam... mas se vão os anéis

Procura alguém que te ame e te queira
esquece que a força só vem de dentro...
a busca insana por fatores externos
te faz cansar e penar ao relento...

Muito cuidado querida, e cuide dessa ferida
que ainda sangra assim por amor
A gente é bem mazoquista, e nunca segue a pista
que nos leva pra bem longe da dor

não se esqueça, meu bem! Nem se castigue também
A tristeza é dor passageira...
Que te passa a rasteira, mas isso é tão normal
Basta ser vivo para se dar mal!


Já faz tanto tempo agora...
que você mora nesse vazio...
a chuva continua lá fora
e traz um frio que te causa arrepio

Se aqueça então meu bem... e siga nesse trem
que te leva a lugar nenhum
chamado coração... que perde a razão
e que se encanta por qualquer um

Confie em você... é o que te faz viver
mesmo sujeita a tempestades
mas não se esqueça de mim... pois eu estou aqui
eu só não cumpro com suas vontades!



A Busca

A BUSCA

(Daniel FV - 12/06/07)


Minha confusão mental, perdido em holocaustos
Argumentam inquisidores
A extinção do ser humano
Quanto mais genial, mais se entra pelo cano!

Mergulho em voltas do mundo...

Vou no fundo pra buscar
um porque... um incentivo a mais
prá poder continuar...


Só me deparo com o vazio... entre paredes mofadas,
e pilares de mármore
, que não valem nada
mas não me assusto...

foi o que eu sempre esperei...

do presidente ao rei!

o forte faz sua lei!


Lei... decreto por sua cabeça...

É isso a lei... imposta por natureza

Padrões anormais... fogem do senso comum

e esse inexiste... que se dane qualquer um...

que pense em se moldar!

que pense em se moldar!

É quando me olho em um espelho maldito
olho no fundo e vejo... o meu ego refletido
Intrínseco em brumas do Alabama ao Saara

E essa desgraça que não muda, essa merda que não pára!


Esse mundo que afunda
Espero que alguém se salve
Eu fico aqui com meu caderno

Mas queria uma astronave..

E essa desgraça que não muda, essa merda que não pára!
que se dane qualquer um...
que pense em se moldar!

que pense em se moldar!
moldar...