Ocorreu um erro neste gadget

Silêncio


SILÊNCIO


Daniel FV (05/05/12)



O sábio contou ao justo
E o justo repetiu ao homem
E o homem?
O homem se calou!
O homem fica calado quando necessário, imposto ou esmorecido
Porque o homem sabe, não necessariamente deseja!
Quando ao contrário, tende a corromper o dito...
Calam-se os justos
O sábio é silenciado
E o homem fala asneiras.
Leva e traz falácias...
É tempo de ficar calado!


.

Injustiça

INJUSTIÇA


Daniel FV (06/11/12)


Vestida de preto e pronta ao ato
Clama inflamada por sua posição
Aflige o bom, o justo e o pacato
E nunca se poupa de vil coerção

Cega que és, oculta os fatos
Ingrata que és, cospe em meu rosto
Me deixa de nojo tão estupefato
Que luto pra me fazer recomposto



.

Paixão


PAIXÃO



Temos uma paixão em preto e branco  dos tempos em que o carijó cantava e não dispensava uma briga
Temos saudades, ódio, fé, descrença...

Mas se o chute falha ou o apito peca, o TORCEDOR não degenera!
Engole seco, molha-se às lágrimas, vive e espera... e como espera!
Espera pela próxima vitória na raça
Para comemorar novamente o "ser atleticano"

Meu sangue não é Alvinegro, meu sangue é vermelho vivo!
Pois nenhuma outra cor  poderia expressar melhor o sentimento de ter uma alma preta e branca!
E se é verdade que serei "uma vez até morrer", quero reencarnar quantas vezes forem necessárias até o final dos dias só para te acompanhar, GALO!


.

Soledade

SOLEDADE

Daniel FV (02/11/12)


Soledade persistente
Da candura de outrora
Da casinha simplezinha
Vejo como fosse agora

Pela cerca passa o sol
Pela porta o trovão
Na janela a minha gente
Que acatou sua missão

Deus proteja este povo
Que já não peleja mais
Que não mais eu hei de ver
Jaze em Cristo e em paz

E se um dia eu puder
Via alguém me conceder
Viver tudo como dantes
Como antes hei de ser


.