Ocorreu um erro neste gadget

Abrigo

ABRIGO
Daniel FV - 12/01/11

Espera a chuva passar
Na esfera que te abriga
Ainda que no limiar
De já aparente fadiga
E agora perante os seus
Constante se porta a pensar
Na vida e em coisas de Deus
Distante à luz do luar


.

Intolerância


INTOLERÂNCIA
Daniel FV - 25/01/11


Esbravejas um eco sem voz
Retumbante soando ao nada
Pois que pediste ao algoz
O alívio na madrugada

É guerra sem início ou fim
Essa luta do homem consigo
O critério do bom ou ruim
Sem avaliar tal perigo

O princípio que suposto era
Ao meio chegou ao final
Cortada a garganta de fera
E em ti encravado o punhal

Pois vários provaram de ti
Infames em vil argumento
Sem espelho pra refletir
O espanto de tal julgamento


.

Parcela

PARCELA
Daniel FV - 07/01/2011


Solidão é barco sem vela
Coroa sem vista de rei
Cavalo correndo sem sela
Querendo o que eu não sei

Com o vazio por dentro de sempre
Nunca há regozijo em vida
Mas a sombra que se faz presente
Consequente já se faz querida

O retiro que vivo agora
Subtrai grande parte de mim
Mas sigo multidão rumo afora
Cada um sua parcela em fim


.

Ego

EGO
Daniel FV - 16/01/11


Fútil como seria
Crescendo em falso meio
Em que o mundo é festa
E o próximo esteio

Talvez seja eu culpado
Enganado em falsa pista
Sejam fracos os meus olhos
Talvez meu ponto de vista

Desmentido o proferido
Nada mais há o que a falar
Nem motivos para sorrir
Ou respirar do seu ar


.

Ciclo

CICLO
Daniel FV - 02/01/11

Pois mais um ano que vem
Na teia regente a tecer
Pois mesmo que eu viva cem
O mesmo estarei a viver

Corre o vento solto no ar
Envolto em nova esperança
Me olhando a esperar
O rio correndo ao mar

Ainda assim é contente
O ser que povoa essa terra
Ainda se olha pra frente
No ciclo que se encerra

As mãos calejadas da dor
Ou a mente que já não trabalha
Ainda tentando supor
Que este é o final da batalha


.